27 novembro 2014

Bambina

A minha rua tem:

  • supermercado com superbocks, vinho português e pastéis de nata;
  • clube de escalada 
  • uma pessoa que todas as noites anda kms de bicicleta estática numa varanda num 11º andar
  • mercado de rua todas as 2ª feiras para me abastecer de toda a fruta estranha e comum, legumes, peixinho, tapioca, queijo de minas e requeijão, goiabada e misturas de doce de leite
  • bar de "sinuca" com concertos e djs na mais completa decoração e arquitectura underground
  • hostel com livros para a troca
  • café onde toda a gente se chama pelo primeiro nome, com mesa-concerto onde ensaia saxofone, violão, pandeireta, flauta transversal e ... (estive a ouvir a música, e este último músico estava de costas, não recordo)


Além disso é próxima da praça Nelson Mandela, onde há o meu açaí preferido, uma barraca de arranjo de bicicletas baratinha e rápida, um sapateiro, e tudo o resto numa colecção gigante de barracas verdes (parece a praça de Espanha, mas com serviços); é próxima também da Estação Botafogo, onde passam os melhores ciclos de cinema do Rio; do pequeno jardim da casa Rui Barbosa, onde há um certo fresquinho e sossego (muitas crianças a partir das 17h) e, caso me aleije, de uma UPA (unidade de Pronto Socorro) muito bem recomendada.

1 comentário:

Paula disse...

Parece uma cidade na rua. Tens muito mais nessa rua do que eu aqui :)