15 março 2014

nervoso

Sonho com ténis, doces que não devia comer, dores no corpo... e ainda é só amanhã. Estou com um nervoso graudinho que nem vos digo nem vos conto.
Desde ontem que preparo o que preciso: roupa, música, comida, a filha (que vai a uma festa, a prenda, a roupa para a festa)...
Que stress! Só me apetece chegar a amanhã às 15h00 para poder pensar numa corrida calma, sem objectivos e sem receios, sem multidão à volta a saber quanto é vamos correr, quantos kms faltam para chegar à meta, quanto nos falta de força para lá chegar... Quero correr sem que ninguém saiba nem quanto corri, nem quanto vou correr.
No fundo, estou preocupada com o falhanço em público. Na corrida ocasional estamos só connosco e, agora sim, dou imenso valor a isso.

Que nervoso!

Sem comentários: