25 março 2014

azedas

Incomodava-me o lamento de mãe solteira como cabeçalho do blogue. Resolvi escrever qualquer coisa. Comecei um textinho sobre como as pessoas estão azedas e de como os comentários em jornais online são o testemunho disso. Embirram com os comentários dos outros sem razão, vão buscar pormenorzinhos da treta, fazem leituras transviadas, etc. para insultar e maldizer.

Resolvi não escrever isso. Não queria coisas azedas como cabeçalho do blogue.

Pensei numa coisa alegre, uma anedota, diversão, uma cena para rir...



E no final descambei em mais um lamento e no azedume.

Sorry...

Sem comentários: