03 janeiro 2014

velhas resoluções de ano novo

1. mais exercício, comer melhor
2. iniciar projectos
3. ter mais confiança em mim: arriscar mais a nível intelectual e físico
4. dedicar-me aos livros de alguma maneira
5. estar mais disponível para as pessoas
6. esquecer rancores e ódios
7. tomar decisões bem pensadas, não ser impulsiva
8. não ser avarenta, mas consegui poupar
9. preparar um futuro mais alegre para mim
10. preparar um futuro mais alegre para a Mariana e ter mais disponibilidade para ela
11. [perdeu-se]
12. [perdeu-se]

Estas eram as resoluções de 2010. Encontrei-as guardada no frasco das "Coisas boas de 2013". (????)


Vou iniciar um novo frasco. 

4 comentários:

gralha disse...

São resoluções universais e que nunca perdem sentido. Para mim, curiosamente, a 9 e a 10 coincidem ;)

mm disse...

Sim, coincidem, mas é um objectivo duplo, que por isso deve ser lembrado e trabalhado a dobrar :)

Jeniffer Alves disse...

Oi, adorei essa ideia do frasco, vou fazer também. =D Posso né?
Eu sou cheia de listas e tal, o frasco é uma ideia divertida.
Ah vou te indicar para uma tag no meu blog (pretendo postar hoje, antes do meio dia, mas de qualquer forma, passo aqui de novo e te falo, blz?).
www.memoriasdeumaanonima.blogspot.com.br

mm disse...

Jennifer, claro que podes fazer o frasco. É motivador, para nos irmos lembrando que há coisas boas a acontecer. No entanto, deixo este conselho: para rever as coisas boas é melhor escolher um dia em que estejamos alegres, se não tudo nos parece de pouca importância (foi o que me aconteceu).