05 setembro 2013

Mais uma ficha, mais uma volta

E regressámos mais uma vez a casa carregadas de sacos, roupa suja, cansaço e tempo bem passado.
Canso-me sempre nas férias e o regresso sabe sempre bem, mas quando dou por mim reparo que nestes últimos tempos tenho tido umas férias bem boas fazendo aquilo que há muito queria fazer: conhecer Portugal.
Da primeira vez, quando a Mariana tinha apenas um ano, fomos até ao Minho e no regresso aproveitámos para umas paragens ou apenas umas vista de olhos sobre alguns locais: Praia de Toledo, Vila Nova de Cerveira e Ponte de Lima, a terra de uma empregada que os meus pais tiveram em casa muitos anos e que falava sempre na terra dela e eu nunca tinha visto antes. Ponte de Lima é muito bonita e a sua ponte justifica o nome do lugar.
Aos dois anos fizemos a hiper-turística costa alentejana, com poucas passagens pelo turismo cultural e um pouco mais de praia, pois por esta altura a catraia já tinha gostos.
Aos 4 fomos até à Terceira e S. Jorge, nos Açores, e iniciámos-nos no trekking, embora a praia e o parque infantil ganhem sempre ao "descobrir novas paisagens". Ficaram marcados os meios de transporte: navios e avião.
Nos 5 acho que nos ficámos por Tavira e Praia da Galé, com muita vontade de alargar horizontes.
O ano passado a estreia pelo turismo não-praia com a visita a Tomar e à rota das aldeias de xisto/ praias fluviais (o banho é fundamental!)


Batalha

Este ano, com sete aninhos no bucho, turismo cultural em peso, com passagem pelo mosteiro da Batalha e de Alcobaça e uma passagem por Óbidos. A praia e a piscina tiveram de estar presentes, num dos dias com passagem pelas Berlengas , e, fantasticamente, também consegui meter uns diazinhos de escalada. Viva a zona Oeste!!!

Graças à Mariana tenho conhecido Portugal como sempre quis, ou como quero há uns anos. É pena que nos chateemos um bocado, mas também nos temos conseguido divertir as duas. Eu irrito-me com facilidade principalmente porque tenho de fazer tudo e houve um dia em que ela disse: "Ainda bem que não nos perdemos outra vez, para tu não fazeres uma das tuas birrinhas." Pois é, eu faço birrinhas e ela atura-me e segue em frente. Que crescida e madura!

Importante nisto tudo é que estou a conhecer sítios que não conhecia. Não estou a mostrar o "bonito" que já conheço, não - estou a desbravar Portugal com ela como companheira. Obrigada, filha!

Para o ano: serra da Freita!!!

Berlengas

Alcobaça

Nota: disparámos tanta fotografia, que quando chegámos à fotogénica vila de Óbidos já não havia bateria...

2 comentários:

Paula disse...

Que grandes companheiras de viagens! É saudável e animador ver-vos assim. Fiquei a pensar que também poderia e deveria investir mais nesse género de férias com o André. Mas para começar, adorei a nossa semana a 4. E o comentário das birras é o máximo.

Beijinhos e continuação de boas viagens!

(Li este post quando o publicaste, mas não tive tempo para responder logo e como gostei mesmo achei que devia aproveitar para fazer agora).

Carla R. disse...

As fotos são fantasticas, fizeram bem em não se inibirem por causa da bateria.