14 dezembro 2012

Que cara é esta?

Tenho uma cara que exprime emoções que não sinto. Não sei como. Já me chateei muito com as minhas irmãs por isso. Por qualquer razão olhavam para a minha cara, enquanto eu não pensava em nada de mal ou até mesmo em nada, e diziam-me "Pára com essa cara! Irritas-me!". Já tive pesadelos com o assunto.
Hoje revivi isto na conversa com o meu orientador. Ele a dizer-me que tinha de fazer isto ou aquilo, eu pensava como o faria, ou de que forma é que poderia organizar o trabalho, e pensava-o de forma construtiva, enquanto o ouvia com atenção e interessada, e ele irritava-se "Marta, não faça essa cara! Parece que não tem a noção do que tem de fazer! É preciso esforçar-se!". E eu a ficar com medo de mexer as sobrancelhas, os cantos da boca, sem saber que raio de cara estava eu a fazer que o fazia pensar que eu não queria esforçar-me, ou que não sabia que o teria de fazer. Várias vezes assim... 
Conselho de uma amiga: "Pega num papel e escreve tudo o que ele diz. Assim, quando estiveres a escrever ele não consegue olhar para ti."
Mas o que eu queria mesmo, juro que queria, era uma cara que não irritasse as pessoas.

Sem comentários: