20 julho 2012

...

Vim só deixar mais umas fotos dos últimos treinos de bicicleta. Ja não vai haver mais. É daquelas coisas que não dá para fazer com uma criança de 5 anos. Mas ela há-de crescer e ganhar-lhe o gosto, pelo menos gosta de andar atrás na bicicleta.
O que tenho tentado aprender com ela é esta alegria por tudo, a felicidade das pequenas coisas, a satisfação do convívio com todas as pessoas.
Ontem ficámos penduradas: uma amiga que vinha jantar cá a casa não veio e cancelou em cima da hora marcada. Eu passei a manhã a limpar a casa, fui depois às compras, trouxe tudo para casa, não combinei outras coisas com outras pessoas, e no fim fico com um jantar vegetariano e uma garrafa de lambrusco fresquinha por abrir. Por acaso, acabei por encontrar outras pessoas e diverti-me bastante, mas não consigo deixar de me sentir abandonada.
Avisei a miúda de que afinal a Marta não ia lá a casa jantar. Ela disse que queria falar com a Marta e perguntar onde é que ela estava. Ao que eu respondi que poderia falar no dia seguinte e que lhe poderia contar que que tinha ficado triste e chateada e por ela ter faltado ao jantar. Ao que a miúda contrapõe: Só estou triste, chateada não. Gostava de também ser assim, de remoer menos as chatices. Enfim... estou a aprender com a melhor professora.

Sem comentários: