02 abril 2012

Inércia

O desleixo é uma coisa que se infiltra na nossa vontade e se vai notando em tudo o que nos rodeia: casa, nós próprios, tarefas a fazer, decisões a tomar.
Não posso culpar o tempo: não é por estarem 4 dias de Inverno, a seguir a uma Primavera prematura, que tenho desculpa para o desleixo; nem por esta prova mensal que distingue as mulheres dos homens; nem por estar há uma semana a pesquisar livros de notas de notários e não encontrar nada... Não. Nem pelos meus kilos permanentes que teimam em não me largar; nem pelo meu desejo de bolos e bolos e bolos com creme e bolos sem creme e tudo o resto. Será de os projectos de férias ficarem em stand-by por causa do tempo? Ou de tudo o resto que é sempre igual-e-o-mesmo e que às vezes (tem sempre fases) bate com mais força?
 
Três dias sem uma actividade física e sinto-me como se tivesse um mês parada a enfardar croissants com chocolate.
 
 
 
 

Sem comentários: