21 outubro 2011

adrenalina

Sem dar por isso, às vezes vêm parar às mãos livros que de outro modo não leria. Desta vez foi o Adrenalina, um policial. Nada de especial no estilo, nem na história, nem nas personagens, mas a verdade é que li 400 páginas em 5 dias, quando o meu último livro (Charles Dickens, O homem e o espectro, umas 100 páginas em livrinho de bolso) me demorou cerca de duas semanas!!!
Enfim, para quem perde tempo com séries policiais na TV não deveria ser anormal, mas sempre considerei a leitura outro campo, onde não se misturava o fast-food comercial. Olha, enganei-me... E diverti-me.
 

Sem comentários: