22 março 2011

medo...

Ai que medo que eu tenho do que aí vem.
Não quero eleições antecipadas. Mais não sei quantos gajos a quererem um tacho para eles e outros para os amigos, conhecidos e utilitários. Não!
Meu país, não faças isto. Gosto de cá estar... Mesmo mal como já estou.

Sem comentários: