08 setembro 2010

Comentário à frase "estava no último lugar em que procurei"

Obviamente que está no último lugar em que se procurou.
Se um dia alguém exclamasse "Estava no penúltimo lugar em que procurei!", outro alguém lhe perguntaria: "Mas porque continuaste procurar se já tinhas encontrado?".
 
Conclusão: tudo o que encontramos está SEMPRE no último lugar em que procuramos.

1 comentário:

paulinha disse...

É uma boa conclusão. Mas às vezes parece que se iniciássemos a nossa busca pelo lado contrário (de uma pilha de pastas, por exemplo) em vez de ser o último teria sido logo o primeiro lugar onde procurámos (e também o último).