15 julho 2010

A vergonha é uma coisa que se perde.

A propósito de não nos inibirmos se nos apetecer fazer um pino num banco de jardim.

3 comentários:

paulinha disse...

E já fazes pinos no jardim? Não demores muito tempo a perder a vergonha... Qualquer dia já não fazes o pino.. (assustador, né? Tu que es toda ginasticada:))

mm disse...

Não, ainda não. Mas já fiz uma roda no corredor da faculdade quando não estava ninguém a olhar. :)

paulinha disse...

Eh Eh! Muito bom! Uma vez fiz o pino no elevador da DGV, mas ia dando com o pé numa senhora quando ela ia entrar (depois deixei-me dessas coisas).