30 junho 2010

traseiras

As traseiras dos prédios são um local de observação genial, principalmente nos dias feriados.
Ver e ouvir as pessoas nas suas actividades de eleição: miúdos a brincar, os mais velhos na horta, uma data de gente a estender roupa e regar plantas, à noite os jantares de quem tem pátio.
Nos outros dias, há também muitos telefonemas e fumadores à janela. Pela janela também saiem, de vez em quando, discussões.
À noite, por detrás dos vidros ou cortinados foscos, vislumbres de pessoas a ler, tirar roupa da máquina, costurar, ou no computador.
E logo de manhã, o assobio de pássaros, que apesar de tudo, ainda não largaram o cimento da cidade e nos mantêm em contacto com o mundo natural.
 
Fico mais tempo a observar as traseiras que a rua.

2 comentários:

Nine Stecanella disse...

Todo mundo junto, misturado, fazendo suas coisas. Torre de Babel. Trabalho num prédio com 21 andares. Dá pra ver de tudo. Dá uma história. Ou melhor, uma não, várias.

Rafael Perfeito disse...

Janela Indiscreta!