26 fevereiro 2010

empreiteiro

O meu empreiteiro é o máximo: toda a gente gosta dele (e eu também). Ajuda-me muito, simplifica a minha vida e alerta-me para coisas óbvias, das quais eu nunca me daria conta.

Mas para quem perguntar, eu digo: não, ainda não lhe perguntei em quanto mesmo é que ficam as obras e não, também não lhe perguntei quanto tempo vai demorar.
Mas, apesar de não ter feito essas duas importantes perguntas, acredito que não sairei enganada neste processo.

Talvez arranje umas fotos da casa toda destruída para o "antes e depois".

2 comentários:

paulinha disse...

Pois é!! Já começaram mesmo a partir paredes? Tenho que ir lá espreitar.

Emanuel disse...

Adorei seu cantinho.