30 outubro 2009

perder o viço

Muitas vezes sinto-me como a flor do "ET", que murchava quando o ET estava doente e ficava viçosa quando ele estava bem.
 
Andava outra vez com energia e  vontade fazer coisas, mas hoje apercebi-me que a otite da miúda continua e, quando dei por mim, já estava de novo a arrastar os pés, a olhar para o chão de mãos nos bolsos e a falar só com monossílabos.
 
Um mês de otite é de mais! Três antibióticos de seguida (e estou para ver que o 4º ainda virá a caminho). Provavelmente será de 6 em horas, super-amargo, a ter de tomar depois de qq coisa. Tudo o que fôr para dificultar, virá. Havemos de ter mais consultas, mais operações, mais chatices... e mais doenças e mais problemas trazidos pelas novas tentativas de cura dos novos problemas.
É um suplício interminável...

2 comentários:

pekala disse...

Lembro-me de quando o meu puto tinha ano e pouco teve uma otite bilateral,foram 3 antibióticos seguidos e nada da gaja ir embora,andámos um mês assim e nada até que a médica se passou e disse que não lhe dava mais nada,que chegava de antibióticos e como ele não tinha dores íamos só esperar pra ver como evoluía.e a otite...foi-se.sem nada.

mm disse...

Pekala,obrigada pelo comentário. Dá algum alento.