17 junho 2009

IES/DA

Às vezes parece que o mundo, inteiro, está contra nós. Mas às vezes parece que está a nosso favor.
Hoje, cheguei às Finanças para perguntar se o meu maldito impresso IES/DA estava bem preenchido (isto depois de muito sofrimento meu, quase depressão, choro em frente às palavras incompreensíveis dos impressos e a impressão de que iria à bancarrota por não compreender aquele discurso, de perder tempo do meu trabalho e o tempo dos meus colegas e amigos), como dizia, fui pedir que me verificassem o bom preenchimento da coisa. E a resposta foi: já não precisa de entregar. Espantei-me, retorqui: mas ainda a semana passada estive aqui e disseram-me para preencher, pagar multa, declarar. A senhora responde com um sorriso: o comunicado é recente, de 6 de Junho.
E olha, pareceu-me mesmo que tinham mudado as leis por mim - viram o meu desespero e pronto: simplificaram.
Gostei.
Mas tenho pena do tempo perdido e vamos lá ver se devolvem mesmo o dinheiro e se é mesmo para não entregar. Só daqui a uns dois ou três anos é que vou saber isso, porque é séculos depois que eles se lembram de nos pedir as coisas.

Mas entretanto fica esta boa sensação de que o mundo gosta de mim...

4 comentários:

Nuno Santos disse...

Ola,

Tive o mesmo problema que tu tiveste e andava a procura no google info sobre esta questão. Estive de férias e só agora estive a tentar tratar desta questão e pelo teu post estamos livre da multa e da entrega da dita declaração?

Podes pf confirmar isto?

Por acaso, fui ao site das finanças e ao dividas fiscais e já não me aparece nada!

Obg :)

mm disse...

Nuno, só posso dizer o que me disseram: que as declarações deixaram de ser pedidas a quem não tivesse contabilidade organizada, as multas deixavam de ter efeito e as coimas entretanto pagas eram devolvidas.
Isto é uma decisão de 6 de Junho, acho que até é um comunicado de imprensa e não uma coisa oficial.

Me disse...

A isenção é aplicável também para o ano de 2008? Ou só nos anos anteriores a 2008??

mm disse...

Me,em Janeiro de 2009 as Finanças decidiram que em 2009 os contribuintes que não tivessem contabilidade organizada não tinham de entregar a declaração anual de 2008 (até foi por terem decidido isto e por uma questão de igualdade que decidiram abranger os anos passados, se não estou em erro).
Mas eu sou uma ignorante sobre as Finanças: digo o que me disseram. Por favor confirmem. Enviem-lhes um email que eles respondem (mesmo que demore uma semana).