13 maio 2009

passeios

Ontem fomos à procura de uma loja na zona do Castelo. Acabei por encontrar a loja (fechada) depois de andar na mesma rua para cima e para baixo durante 20 minutos (o espantoso é que era uma rua com pouco mais de 50 metros).
Resolvi depois que iríamos apanhar o 28 (para aproveitar o pitoresco eléctrico lisboeta antes de mudarmos para outra casa). Antes do eléctrico, como boas turistas, fomos às vistas: miradouro de Santa Luzia, Cerca Moura e por ali.
Ao pé da Cerca Moura estavam uns rapazes a andar de skate. Reconheci um deles e fomos lá conversar. Enquanto a Mariana passeava de skate em skate, sempre acompanhada por alguém que lhe dava a mão e a levava na direcção em que ela apontava, eu conversei quem eu conhecia, que me perguntou o que é que era agora mais fácil com ela. E eu respondi: "É isto." É poder passear com ela, conversar com as pessoas, vê-la a dar-se bem com toda a gente e toda a gente a gostar dela - é fazermos coisas juntas, que é o que é mesmo giro em ser mãe, na minha opinião.
Regressámos no 28, já tarde, (sim, porque andar de skate é muito melhor que ir para casa com a mãe) com a barriga a dar horas e um friozinho no corpo.
 
E, no meio disto, lembrei-me dos meus passeios de há muito tempo, a que eu chamava "passear ao sabor dos semáforos" e que consistia em ir andando em frente até um semáforo vermelho me obrigar a virar para algum lado. Nestes passeios só começava a regressar a casa depois de encontrar alguém conhecido. Houve uma vez (uma única) em que passado umas 3 horas não tinha encontrado ninguém. Já estava a ficar desconsolada, de maneira que quando vi passar num descapotável aguém da TV achei que chegava para cumprir o critério de regresso. Comecei o regresso a sentir que tinha feito batota, mas para salvamento do espírito do passeio, ainda encontrei alguém conhecido com quem não pude conversar muito tempo porque a fome e o frio apertam depois de 3 horas de caminho.
 
Conclusão, gosto de poder voltar a estes "passeios-até-encontrar-alguém-que-conheça" e gosto ainda mais de ter esta Miúda-Espectáculo a acompanhar-me.
 

1 comentário:

mm disse...

tem erros de pontuação, este texto.
e eu tenho preguiça de os corrigir.
fica a nota.