21 janeiro 2009

4ª feira

Estamos em casa as duas e estamos tão bem.
Nem parece normal.
 
Ando a insistir para ela não ter a chucha em casa e até corrido bem. É tão bom ouvi-la falar. Continua a falar mal, mas já nomeia muito mais coisas e estar a deixar algumas onomatopeias para trás: o porco é um "pôto", já não um "ró-ó" [barulho de ronco do porco], o pópó passou a "tarro" e mais algumas.
 
E conversamos mais. É bom estou a gostar.
 
Agora eu estou aqui no computador e ela em cima da mesa a tirar as canetas da caixa e a pôr. E sempre a dizer "tdadu" (cuidado).
 
Vou brincar com ela. Que também quero pô-la na cama em breve.

Sem comentários: