04 abril 2008

nem a dormir descanso

Mais sonhos. Desta vez estávamos num Lidl que foi assaltado, por uns gajos mesmo maus e cruéis, e eu só queria era ver se aquilo acabava antes que dessem pela miúda.

Já não basta preocupar-me com ela do dia inteiro, levantar-me 10 vezes à noite por causa da estúpida da tosse dela que voltou e a acorda, ainda tenho de, nos poucos momentos em que devia descansar, ter o coração nas mãos por causa de assaltos, facas e quedas.

Já não é só ser mãe que cansa, é ser doida.

Sem comentários: